Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://deposita.ibict.br/handle/deposita/17
Tipo do documento: bachelorThesis
Título: Meninos não dançam: uma questão de gênero?
Autor: Souza, Paulo Henrique Pinheiro
Orientador: Carvalho, Glaucia
Primeiro membro da banca: Martinelli, Suselaine
Segundo membro da banca: Rosa, Eloísa
Resumo: A dança é uma arte e uma linguagem produtora de conhecimento, é um espaço propício para a elaboração de significados e discursos por meio da corporeidade dos indivíduos que dela fazem parte. No âmbito da educação, a dança desempenha uma importância fundamental no desenvolvimento integral do ser humano. Como arte, ela apresenta no seu processo de vivência e criação questionamentos, não raramente polêmicos, como a estética física, o gênero, a sexualidade, o posicionamento político. A linguagem da dança por muito tempo ficou atrelada à educação física e foi utilizada como meio de promover à saúde, a higiene pessoal, a disciplina educativa, além de ser um instrumento de avalição física, relegando a dança a um papel secundário ignorando os aspectos de fruição, contextualização histórica e do fazer estéticos. Esse artigo pretende observar a presença do homem na dança e especificamente refletir sobre possíveis motivos pelos quais os meninos comumente evitam participar de atividades propostas pelas oficinas de dança na Escola Parque 210/211norte. Percebe-se no grupo focal realizado na Escola Parque 210/211 norte e posteriormente nas atividades de dança desenvolvidas, que um dos principais problemas está nas questões relacionadas á Cultura , aos papéis sexuais e de gênero, e ás expectativas sociais advindas do grupo social do qual fazem parte , e por fim, a ausência de formação específica dos professores que oferecem o as atividades pedagógicas de dança
Abstract: Dance is an art and a producer of knowledge language, is a space conducive to the development of meaning and discourse through the corporeality of individuals who are part of it. Within education, the dance plays a fundamental importance in the integral development of the human being. As art, it presents in the process of living and creating questions, not rarely controversial, such as physical aesthetics, gender, sexuality, political positioning. The language of dance long been linked to physical education and was used as a means of promoting health, personal hygiene, educational discipline, besides being an instrument of physical APPRAISAL, relegating the dance to a secondary role ignoring aspects of enjoyment, historical context and make aesthetic. This article aims to observe the presence of man in dance and specifically reflect on possible reasons why children often avoid participating in activities offered by dance workshops at the School Park 210 / 211norte. It can be seen in the focus group held at the School Park north 210/211 and later developed in dance activities, one of the main problems is the issues related to culture, gender roles and gender, and social expectations arising from the social group which are part and finally, the lack of specific training of teachers that offer the educational dance activities
Palavras-chave: Dança
Educação
Gênero
Cultura
Dance
Education
Gender
Culture
Área(s) do conhecimento: Artes
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Brasília (IFB)
Departamento: Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Brasília (IFB)
Tipo de acesso: openAccess
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://deposita.ibict.br/handle/deposita/17
Data de publicação: 2016
Aparece nas coleções:Centro-oeste

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo - Meninos não dançam - TCC - Paulo Henrique Pinheiro de Souza - IFB.pdftrabalho de conclusão de curtos que trata da relação de meninos com a dança na Escola Parque 210/211norte263,5 kBAdobe PDFThumbnail

Baixar/Abrir Pré-Visualizar


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons

Ferramentas do administrador